NAGOYA – A CARA DO BRASIL!


Olá queridos,
Tantos lugares bonitos que até me esqueci de começar pelo “começo”. Cerca de 1 hora depois de embarcar no shinkansen (trem bala) em Shin-Yokohama, cheguei em Nagoya. Uma cidade muito importante para o Japão e bem conhecida dos brasileiros.
Nagoya é a terceira cidade mais rica do país e a quarta mais populosa, com mais de 2 milhões de habitantes. Capital da província de Aichi, é considerada o maior centro econômico dessa região por abrigar diversas indústrias importantes, principalmente as montadoras de automóveis como a Toyota.
Apesar de ter sua economia apoiada basicamente nas indústrias automobilísticas, durante a Segunda Guerra Mundial, grande parte da sua infra-estrutura de fabricação voltou-se para a produção de bens militares, tornando-se um alvo estratégico para os bombardeios. Quase 25% da cidade foi destruída, enquanto a população fugia para o campo com medo de mais ataques.
Hoje, Nagoya é uma cidade grande, bem desenvolvida, movimentada e muito moderna. Adorei os prédios, localizados próximo da estação, cada qual com um design mais curioso que o outro. Ao lado uma fotinha do JR Central Towers. As várias lojas de grifes famosas, a grande “cidade” subterrânea que existe embaixo das ruas e avenidas movimentadas.
Nagoya Lucent Tower

Esse é o Mode Gakuen Spiral Towers. Em forma de espiral, esse prédio é incrivel.
Sem falar nas placas em português. Levei um susto quando vi. Ah claro .. entrei no metro e as orientações do maquinista também eram traduzidas em português. Que isso! Estou no Brasil? Também era comum ouvir pessoas falando nosso tradicional idioma. Mas isso eu já esperava, pois a maioria dos brasileiros moram em Aichi.
 Essa fotinho foi muito curiosa. Estava passando, procurando o ponto de partida do ônibus, quando vejo esse monte de japa, todos tirando foto do prédio em frente da estação. Sem entender a razão, resolvi parar e tirar uma fotinho também. Então percebi que o conjunto de luzes acessas formavam a palavra Thanks. Sugoi né. Então, aproveitando, quero agradecer à todos que acompanham o blog.
Na próxima semana, o último postda saga Nagoya. Enfim … o famoso Castelo de Nagoya.
Abraços
Thais Fioruci

15 comentários em “NAGOYA – A CARA DO BRASIL!

  1. Olá!!

    Que legal isso. Placas em português. Pensei que era só no Brasil. O_O

    A cidade deve ser linda mesmo. E interessante o painel. Só que nas suas palavras, ficou faltando o "n" de thanks!! rsrsrsrsrs

    Até mais

  2. Oi Cléuzio,

    já me acostumei tanto aqui, que é até estranho ouvir pessoas ou placas em português. Onde moro tem bastante brasileiros, mas não são tantos como em Bagoya.

    Obrigada pelo elogio!

    Beijos
    Thais Fioruci

  3. kkkk …. Mardem! Com certeza vc se viraria muito bem aqui!

    Ah … e obrigada pelo desenho! Ficou super mega lindo! Alias, seus desenhos sao lindos! Qdo tiver minha casa no Brasil, quero ter um quadro seu na minha sala!

    Abs
    Thais Fioruci

  4. Oi Alex! Tudo bem e vc?

    Vc tá desempregado? Nessa região não conheço muito mas vc já tentou ligar na Suriemo? Tem a revista Alternativa que publica várias oportunidades de emprego. Onde eu trabalho esta empreganfo mas fica em Kanagawa-ken =/

    Abraços
    Thais Fioruci

  5. Bom dia. Estamos pensando (minha esposa eu e três filhos) em morar em Nagoya. Iremos passar 2 anos em um doutorado dela. Você teria algumas sugestões de cidades além desta? Achei uma cidade grande que não teria imersão na cultura japonesa… não sei se isso realmente ocorreria. Mas até agora essa seria a que achei mais interessante. Pensei em cidades pequenas, mas o doutorado dela tem que ser em inglês e tem que ter colégios em inglês para meus filhos de 9 e 3 anos. Obrigado pela atenção.

  6. Bom dia Vinicius!

    Sim, é uma cidade bem grande assim como São Paulo. Se deseja imergir na cultura japonesa, Kyoto é a cidade mais indicada. Infelizmente, somente cidades grandes oferecem um melhor suporte para estrangeiros já que pretende colocar seus filhos em colégio com o idioma inglês. Uma outra opção é Yokohama. Depende dos locais onde sua esposa poderá fazer o curso. E msm que seja uma cidade grande, vc pode se matricular em escolas de japonês onde existem muitas atividades para imergir na cultura.

    At.
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *