AventurasTokyo

SANTOS X BARCELONA – FIFA CLUB WORLD CUP JAPAN 2011

Oi pessoal,
No domingo (18/12), fui assistir a final entre Santos e Barcelona pela FIFA CLUB WORLD CUP JAPAN 2011 no Nissan Stadium, em Yokohama. Não sou santista, na verdade sou corinthiana, mas não podia perder esse evento. Estava super ansiosa, porque como único time brasileiro na final, também estava torcendo por ele. Sei que seria uma tarefa muito difícil, pois o Barcelona é um dos melhores times do mundo (depois do resultado, agora ele é o melhor time do mundo), carregado de suas estrelas espanholas, atuais campeões da Copa do Mundo, isso sem citar Messi, melhor jogador do mundo. Sentiram a pressão? O Santos não iria enfrentar qualquer timinho!
Minha ansiedade também era por outro motivo. Era a primeira vez que assistia à um jogo ao vivo no estádio! Nunca tinha ido antes nem mesmo no Brasil. Mas não foi por falta de requisitos financeiros e sim pelo medo da violência que todos nós sabemos que acontece antes e depois de cada partida, principalmente nos clássicos.
A torcida santista estava apavorando na entrada … cantavam, gritavam, agitavam suas bandeiras, cantavam, tocavam e dançavam. Tudo muito bonito! Os japoneses gostam dessa alegria brasileira e até pediam para tirar fotos. Se torcida valesse pontos, a do Santos daría de 10 à 0 no Barça. Os santistas compareceram em peso ao estádio, diria até que seria maioria, se não fosse a quantidade de japoneses torcendo pelo Barcelona. Pena que a torcida fica separada. É aqui não é como no Brasil que eles colocam torcida do time A de um lado e a do time B do outro. Aqui as cadeiras são numeradas e todos ficam misturados. É algo para se pensar … quando que no Brasil as torcidas assistiriam à um clássico juntas, sem brigas e violência?
Fiquei lá fora vendo essa alegria brasileira, tão escassa entre os japoneses. Depois de passar os portões, achamos nossos lugares e sentamos. A beleza do estádio e a organização japonesa dispensam elogios. Sempre muito educados e prestativos. Você perguntava onde ficava o seu lugar e eles te levavam até onde você deveria sentar. É engraçado, pois eles ficam quietinhos, todos muito contidos, assistindo o jogo. Fazem alguns comentários, mas sem maiores exaltações. Tinha uma barçamaníaca na minha frente que gritava demais. É bonito ver essa alegria, mas depois de 20 minutos ninguém mais agüentava os gritos dela. Então uma brasileira começou a discutir com a espanhola. Achei engraçado …. sinto falta desses barracos verde e amarelos! Ah … um brasileiro também pulou o alambrado e foi retirado arrastado do campo. É … aqui é Japão!
Confiram o vídeo e as fotos!

Até a próxima aventura!
Thais Fioruci

6 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *