Datas comemorativas

KENKOKU KINENBI – DIA DA FUNDAÇÃO NACIONAL DO JAPÃO

Olá pessoal,
Amanhã, 11 de fevereiro, é celebrado o Dia da Fundação Nacional do Japão (em japonês 建国記念日– kenkoku kinen-bi ou 建国記念の日-kenkoku kinen-no-hi). Esse feriado comemora a fundação da nação e a ascensão do primeiro imperador ao trono, Jimmu, em 660 D.C. É um dia para relembrar a criação do país, renovar o amor à Pátria, celebrar o estabelecimento da democracia, reafirmar o patriotismo, rezar para o desenvolvimento nacional e também pela paz mundial. Para muitos, a data significa reflexão, esforço e comprometimento na construção do futuro, sempre baseados na cultura e tradição japonesa.
O Dia da Fundação Nacional do Japão não era considerado feriado oficial até janeiro de 1873. A partir desse ano até 1948, foi denominado Kigensetsu ou “Empire Day” (Dia da Independência). Em 1948, foi abolido em função de uma nova lei e, somente em 1966, após o fim da II Guerra Mundial, recebeu o nome de Kenkoku Kinenbi, ou Dia Nacional da Fundação do Japão.
Conforme o antigo livro “Nihon Shoki” ou “Crônicas do Japão”, escrito no século VIII, Jinmu Tenno (神武), cujo nome era Kamuyamato Iwarehiko, nasceu em 1 de Janeiro de 711 A.C. e cresceu na província de Miyazaki. Governou a área de Kyushu,e, aos quarenta anos, decidiu comandar o país, dirigindo-se para o Porto Mimitsu, no centro do Japão. Apesar das dificuldades, chegou à Yamato, atualmente Nara, onde construiu o primeiro palácio imperial e subiu ao trono, tornando-se o primeiro imperador do Japão. Morreu em 11 de Março de 585 A.C. 
Gravura do Imperador Jinmu em seu cavalo. 
Fonte: Colônia Brasil
Dizem que o atual Imperador é o 126 na linha direta do Imperador Jimmu, cuja existência ainda não foi confirmada por historiadores. Vale destacar que a família real do Japão é a dinastia imperial mais antiga do mundo.
Até mais,
Thais Fioruci
Fontes:
Colônia Brasil. Disponível em http://coloniabrasil.sites.uol.com.br/fj3.html

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *