AventurasNagoya

PORTO DE NAGOYA


Oi pessoal,

Vou estrear aqui uma seqüência de posts sobre Nagoya. Há muito tempo queria conhecer essa cidade, em específico o Castelo de Nagoya, mas por ser relativamente longe de Tokyo (cerca de 6 horas), sempre deixava para depois.
Um passeio simples, cheio de aventuras e imprevistos. Não reservei ônibus e quando cheguei na rodoviária, o transporte só acontecia no horário noturno. Fui em outras empresas, mas somente com reservas pela Internet e com antecedência. Resolvi pegar o shinkansen (o trem bala) que justamente nesse dia estava com atrasos. E depois, para terminar o dia, não conseguia um hotel para dormir.
Enfim, depois de desembarcar na estação de Nagoya, minha primeira parada foi o Porto de Nagoya. Aberto em 1907 na Era Meiji, o Porto de Nagoya é o maior e mais movimentado do Japão. Comporta mais de 300 embarcações e é responsável por cerca de 10% do valor total do comércio japonês.
Próximo dali existem diversas opções de passeio como o Aquário do Porto de Nagoya, um parque de diversões, restaurantes e o Museu Marítimo, o Observatório, o “Fuji” Antartic Museu, ambos situados no interior do prédio do Porto.
Um lugar bem pacato, mas que reserva bastante aventura e adrenalina em suas noites. Não fiquei para conferir, e também não sei se ainda acontecem, mas ali na área portuária, os jovens se reúnem para praticarem drift (lembra do filme Velozes e Furiosos – Desafio em Tokyo?). Digite no Youtube Porto de Nagoya e aparecerá vários vídeos!
Confiram as fotinhas e um vídeo na seqüência.



E não se esqueça de participar do nosso super sorteio, deixando um comentário no post da semana passada!
Beijokas
Thais Fioruci


12 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *