AventurasDatas comemorativasTokyoTradição e cultura

PRIMAVERA, HANAMI E SAKURAS – A ÉPOCA MAIS BELA DO JAPÃO!



Oi pessoal,
a primavera é a estação mais bonita no Japão. As sakuras são lindas! Não canso de admirá-las! E como comentei no post do ano passado, os japoneses aguardam ansiosamente pelo desabrochar das sakuras (kanji de sakura). Eles ficam loucos! Tiram milhões de fotos com câmeras profissionais, digitais, celulares. É um festival de modelos! Tudo para registrar esse momento tão especial que dura menos de um mês. As sakuras nascem rapidamente e vão embora na mesma velocidade. Ficam nas árvores somente por alguns dias, e logo que o vento passa, acaba levando-as. É lindo vê-las voando, e ao mesmo tempo, triste, porque só as veremos novamente no próximo ano.  
Como já foi dito, depois que as belas flores desabrocham, os japoneses fazem o Hanami (花見 significa literalmente olhar as flores), festival onde as pessoas se reúnem embaixo das árvores, geralmente em grandes parques, para observar e admirar as sakuras. Os melhores lugares são muito disputados e tudo acaba em festa. Eles comem, bebem, conversam, e alguns até cantam e dançam. 
Esse ano, escolhi o Ueno Koen, acho que o segundo lugar mais procurado pelos japoneses. Nesse bairro de Tokyo, as sakuras criam verdadeiros túneis! Tem também o festival com várias barraquinhas de comidas típicas japonesas. 
Túnel de sakuras

Pena que já estão caindo. Observe a margem do lago completamente coberto pelas pétalas

O famoso Hanami japonês. O dificil mesmo é achar um lugar vago!

Lindas, mil vezes, lindas!

Existem várias lendas que remetem ao surgimento das sakuras. Uma delas diz que uma princesa, chamada Kono-hana-sakuya-hime ou princesa da árvore de flores abertas, desceu do céu e aterrissou em uma cerejeira no Monte Fuji. 
Outra diz que o significado do desenho da flor de cerejeira nasceu no Bushido, o código dos samurais, que leva esse ícone como emblema. Faz uma analogia à vida dos samurais já que era tão breve quanto a duração dessas flores nos galhos das árvores.
Outra história diz que sua origem deriva do cultivo do arroz. Kura era um depósito onde se guardava arroz, alimento considerado divino, e Sa significa divindade, formando então a palavra sakura.
Antigamente, a sakura era considerada símbolo do amor. Se uma mulher a usasse para se enfeitar ou decorar o quintal da casa, significava que estava em busca de um novo amor. Nas peças do teatro kabuki significava alegria. 
Mas, cuidado. Ao mesmo tempo que essas lindas flores nos remetem à bons momentos, elas também carregam um certo negativismo. Na cultura japonesa, um galho de cerejeira quebrado significa a aproximação da morte. Acredita-se que a sakura é a ligação entre o mundo dos vivos e dos mortos. Dizem ainda que as cerejeiras absorvem a alma dos mortos. Eu hein …
Histórias assombrosas à parte, a única coisa que sei é que realmente as sakuras são deslumbrantes!  
Vou tentar colocar mais fotos na página do facebook. Quem quiser admirar mais sakuras dá uma passadinha por lá. Vou ficar devendo o video, porque meu querido marido, ainda tem que editar. Mas, assim que fizer isso, já posto aqui e no canal do Youtube. Portanto, fique ligadinho na gente!
Beijos
Thais Fioruci

13 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *