Kyoto

GION – O FAMOSO BAIRRO DAS GUEIXAS


Olá perdidos!
 
o bairro de Gion, em Kyoto, é muito conhecido por ser o distrito das gueixas (em japonês 芸者). E também muito disputado pelos turistas que ficam horas e horas esperando elas aparecerem para logo sacarem suas câmeras e tirar uma alegre fotinho. Não vou negar, também fiz isso (risos). Quase cai, me esfolei e fui atropelada, mas só consegui uma imagem borrada. Uma pena! Mas ficará a recordação.
Primeiramente, vou esclarecer o que é uma gueixa. Não vou entrar em detalhes, pois quem já assistiu ou leu o livro “Memórias de uma Gueixa” (já fiz um post sobre o livro) sabe do que estou falando. São artistas que estudam e passam por treinamentos rigorosos até se tornarem uma verdadeira gueixa. Elas estudam sobre arte, música, cultura, etiqueta e dança. Durante essa fase de aprendizado são chamadas de maiko (舞子). Só uma curiosidade, as gueixas da região de Kyoto utilizam o nome de geiko (芸子) que significa essencialmente, “uma criança das artes” ou “a mulher da arte”.
 
Esse bairro abriga muitas ochayas ou “casas de chá”, os locais de trabalho das geikos. Quem frequenta uma Ochaya (no passado, seus principais clientes eram os samurais e hoje modernos empresários), procura entretenimento, tudo por conta das gueixas que bebem, conversam, jogam, cantam, dançam e tocam instrumentos tradicionais japoneses.
Durante a noite, se tiver sorte, verá geikos e maikos nos seus tradicionais kimonos e getas (aqueles chinelinhos de madeira), andando pelas ruas de Gion enquanto vão de uma ochaya à outra.
Como a fama das gueixas se espalhou pelo mundo, algumas agências de viagens e hotéis oferecem almoços ou jantares na companhia de uma verdadeira maiko. E se você quiser pode passar um dia ou fazer um tour pela cidade na companhia de uma gueixa.
 

É um lugar que se pudesse voltaria de novo, só para tirar uma foto de uma verdadeira gueixa! Faça um tour por Gion, assista ao video!

Abraços
Thais Fioruci

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *