Dicas para turistasTurismo no JapãoViajando pelo JapãoYamanashi

QUAL O MELHOR LUGAR PARA SE TIRAR UMA FOTO DO MONTE FUJI?


Olá leitor/a,
Sempre recebo emails de turistas que visitarão o Japão e querem tirar uma bela foto do Monte Fuji (em japonês 富士山 Fuji-san). Mas, qual o lugar mais adequado para ver esse belo símbolo da terra do sol nascente? É difícil responder essa questão, pois, a montanha tem apenas 3776 metros, ou seja, é facilmente vista de vários locais. Eu moro à uns 100 quilômetros de lá e o vejo todas as manhãs quando o céu está claro. Do trem bala à caminho de Kyoto, da cidade de Hakone e até mesmo de Tokyo em dia de tempo bom poderá avistá-lo.
O Monte Fuji está localizado à oeste de Tokyo na fronteira entre as províncias de Shizuoka e Yamanashi. Existem três pequenas cidades que envolvem o Monte Fuji: Gotemba à leste, Fuji-Yoshida à norte e Fujinomiya à sudoeste.
Mas, turistas (e eu também), não querem apenas ver o Fuji san e sim, querem tirar uma foto, e deve ser a mais bela foto, aquela perfeita para ser lembrada para sempre. Então vamos lá que descobri um lugar perfeito para tirar a tão sonhada imagem!
Visitei o Santuário Arakura Sengen na região dos cinco lagos que rodeiam o Monte Fuji, na cidade de Yamanashi. Fica à dez minutos da estação Shimo-Yoshida que pode ser acessada pela linha Fujikyu (3 horas de Tokyo, 35 minutos da estação Otsuki ou 10 minutos da estação de Kawaguchiko). É lá onde fica uma das imagens mais famosas e compartilhadas do Japão pela internet e logo saberão a razão. 
O Chureito Pagoda é um dos pontos mais concorridos pelos turistas. Para chegar até ele é necessário ter bastante disposição, afinal 397 degraus o separam do santuário principal! Mas, garanto, vale a pena todo o esforço. O pagoda tem cinco andares e fica na encosta da montanha com vista para a cidade de Fujiyoshida e o Monte Fuji no horizonte. Foi construído em 1963 como um memorial da paz pelas vitimas que perderam suas vidas nas diversas guerras em que o Japão esteve presente.  
Sobe, sobe … muitas escadas!
Chureito Pagoda
Quanto mais você sobe, mais bela a paisagem fica. A vista da cidade é esplêndida. O parque é bem espaçoso e perfeito para um piquenique com a família. Decidi ir bem na época das sakuras(claro, queria a foto quase perfeita. Eu e mais os milhares de fotógrafos ali). O lugar estava bem cheio, mas já me “enfiei” em lugares muito piores. Atrás do pagoda fica o deck de observação e ali, milhares de fotógrafos, turistas e curiosos se acotovelavam para conseguir um “espacinho” para ver a estrela do dia. O dia estava com sol e céu limpo, mas apesar disso, o Monte Fuji estava nublado no topo. Após quase 4 horas de espera, consegui a tão sonhada foto. 
A subida vale a pena!   
Uma das imagens mais compartilhadas na internet. O Fuji san tímido no horizonte

Monte Fuji imponente
Uma dica: se você, leitor, pretende visitá-lo leve comida. O local praticamente não tem restaurante! Achei apenas um bem simples e ainda estava fechado. Consegui comprar comida em uma única loja de conveniência que achei. É uma cidade bem pequena, residencial, e sem aquele apelo turístico que encontramos em Kyoto ou Nara, por exemplo. Lojinhas de presentes e os tradicionais “omiyages” (presentes que os japoneses levam para seus amigos toda vez que viajam), esquece. Aliás, nem gente eu encontrei por ali. Fiquei um pouco decepcionada nesse quesito.    
Então, leitor/turista você não acha um belo lugar para se tirar uma bela foto do Monte Fuji? Se tiver dicas de mais algum ponto bom, deixe nos comentários! 
Obrigada por ler,
Abraços,
Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *