KAFUNSHO – A ALERGIA DO JAPÃO


Olá queridos,
o inverno está chegando ao fim e as primeiras flores já começam a dar o ar da graça. Para muitos essa época representa beleza, mas para outros significa a chegada do temido Kafunsho(em japonês 花粉症).
O Kafunsho é uma alergia causada pelos polens que são trazidos pelos ventos. No Brasil é chamada de febre do feno ou polinose. Existem mais de 60 tipos de polens causadores do problema, mas os mais comuns são os polens dos cedros (chamados de sugi) e dos ciprestes (hinoki), árvores típicas do Japão.

De acordo com pesquisas, aproximadamente 20 milhões de pessoas, (1 em cada 5 japoneses), sofrem com a polinose. Algumas pessoas têm esse tipo de alergia o ano todo, mas outras só atacam entre os meses de fevereiro à abril, justamente quando a primavera está começando e as flores desabrochando.
O mais engraçado é que os estrangeiros que estão no arquipélago há menos de um ano ficam imunes à doença. Afinal, a pessoa precisa ficar um certo tempo exposta aos polens do sugi e do hinoki para desenvolver a sensibilidade.
O número de pessoas portadoras desse tipo de alergia teve um grande aumento após a Segunda Guerra Mundial. Como grande parte dos bosques de cedros foram queimados durante a disputa, muitos foram replantados e quando alcançaram a fase adulta, passaram a liberar no ar uma quantidade maior de polens.
Os sintomas são espirros, secreção e obstrução nasal, coceira nos olhos, dor de cabeça, coceira na garganta, tosse, coceira na pele, falta de ar, e em alguns casos até febre.
Agora, veja as precauções que uma pessoa com Kafunsho deve tomar. Sério! É uma verdadeira força tarefa!

Quando estiver em casa, evite abrir portas e janelas por tempo prolongado; não estenda roupas do lado de fora; use umidificadores de ar; antes de entrar em casa, passe uma escova na roupa e limpe os sapatos para retirar os polens; tome banho em seguida, lavando principalmente os cabelos e os olhos; faça gargarejo para evitar reações na garganta; lave bem as mãos com água e sabão.
Agora, fora de casa: use máscaras; use gorro para evitar que os polens grudem no cabelo; use roupas de algodão (evite as sintéticas, pois os polens grudam com mais facilidade); use óculos especiais de kafunsho; vista uma capa fina ou um avental por cima de outras peças para proteção.
Os médicos ainda recomendam para evitar sair em dias ensolarados e quentes, quando o vento está forte ou com pouca umidade e após ter chovido, porque há grande quantidade de polens no ar. Conforme a temperatura sobe durante o dia, os pinheiros costumam soltar mais polens, chegando a um pico por volta das 12h. No final da tarde, a temperatura fica mais amena e os polens que estavam no ar passam a cair, causando nova manifestação alérgica.
Nessa época do ano, as farmácias vendem um verdadeiro arsenal de produtos para combater o Kafunsho. A lista é grande e a cada ano chegam novos lançamentos. Citarei apenas alguns: colírios, máscaras, descongestionantes nasais, pomadas para aplicação dentro do nariz, adesivos colocados no lado externo do nariz para aliviar a congestão, líquidos próprios para lavagem interna do nariz, xaropes, balas, chás, expetorantes, lenço de papel, lenços úmidos, produtos para gargarejos e própolis.
Máscaras vendidas em uma fármacia

 

Medicamentos para combater o kafunsho
Ufa! Graças a Deus eu não tenho isso ainda, mas sei o quanto quem tem sofre (meu marido é um desses sortudos). Espero não ter a sorte de ser premiada com essa alergia, porque tenho renite alérgica e sofria demais no Brasil (curiosamente aqui ela não atacou mais, acho que deve ser devido à poluição de São Paulo).
Até mais,
Thais Fioruci
Referências:
http://www.japaoemfoco.com/kafunsho-alergia-a-polen-no-japao/
http://portalnippon.com/vida-e-estilo/saude/kafunsho-voce-tem-este-tipo-de-alergia-dicas-para-sobreviver-melhor-a-temporada-do-kafunsho.html
http://blog.suri-emu.co.jp/?p=8689

20 comentários em “KAFUNSHO – A ALERGIA DO JAPÃO

  1. Olá!!

    Nunca tinha lido algo tão profundo sobre o kafunsho. Só o que estamos acostumados: que aparece na primavera devido ao pólen que se solta das árvores.

    Digamos que por aqui as coisas também começam a ficar meio assim nessa época no ano. Outono e a temporada de problemas respiratório cresce e só se vê gente tossindo quando vai ao médico. xD

    Parabéns pelos post Thais, sempre ensinando mais as pessoas que desconhecem o "verdadeiro Japão".

    Até mais

  2. Oi Natalia,

    eu sei que no Brasil tb tem isso. Mas, eu acho que os japoneses sao muito neuróticos com doenças sabe. Vc nao pode espirar, ou tossir, do lado deles, que ficam te olhando feio sabe.

    Obrigada pelo elogio. O Japão é um pais como qq outro, tem seus pontos positivos assim como negativos. E as vzs, me incomoda, pq algumas pessoas só sabem exaltar os pontos bons e insistem em nao ver os pontos ruins. Penso em fazer um post sobre isso, mas fico pensativa ainda.

    Beijos
    Thais Fioruci

  3. Ola, pessoas querida! Momentos horriveis! Ja passei por esse(trauma) problema. Quando comecei a tomar aojiru para outros fins, nao peguei mais kafunsho, entao mais tarde eu conheci o propolis, (eu pingo na lingua, em seguida tomo agua pois ele e um pouco forte) muito bom para evitar gripes e resfriados, que por sinal demonstrou ser otimo para me proteger do temido kafunsho.

  4. Olá minha querida!

    Obrigada pelo carinho! Adoro ler as mensagens de vcs! Pois é né … e essa época já tá chegando de novo! Meu marido sofre, coitado. O que é esse aojiru? Onde posso comprar ele e o própolis?

    Muito obrigada pelas dicas! Vou seguir seus conselhos!

    Beijokas
    Thais Fioruci

  5. Ola, thais! Eu compro na sugi pharmacy, ambos vc vai encontrar na mesma prateleira, onde se encontra cartilagem de tubarao, capsula de cogumelo etc. O propolis e facil de identificar (da marca orihiro) porque esta em romanji, ja o aojiru, o que eu tomo esta em kanji. Exitem varios tipos de suco verde aqui no japao, o que eu tomo e o menos ruim que os outros tres que eu ja esperimentei, (e nao gostei) e foi justamente o primeiro que eu conheci. Mes passado eu ja estava enjoando de tomar aojiru, foi quando eu vi na tv o anuncio de um que vem com mel, logo imaginei um sabor mais doce e agradavel ao gosto dos ocidentais. Que pena, eu quase botei para fora,(chamei o juca) por ter um sabor tao ruim. Depois dessa meu enjoou foi embora rapidinho. Se vc quiser eu mando uma foto do aojiru que eu tomo, e so me passar o seu email! Tem um suco verde da marca yakut, que vem em uma embalagem muito bonita e sugestiva, se vc comprar, me fala dele. Lembrando que o ideal mesmo e o suco verde ( sangue verde ) obtido do broto de trigo feito na hora. Aqui segue uma materia a respeito. http://m.youtube.com/watch?v=LBQkZI_Uih8 a mais de 13 anos eu vi uma reportagem do globo reporter muito bacana, que falava exclusivamente das maravilhas obtidas com o suco do broto de trigo. Eu queria postar aqui mas infelizmente eu nao encontrei. um abraco! Ah eu me chamo gilberto muito prazer! 🙂

  6. Olá Gilberto!

    É um imenso prazer te conhecer! Muito obrigada pelas dicas! Parece que esse mal já chegou por aqui e meu marido já está ruim há duas semanas! Já anotei no meu celular suas dicas e amanhã msm vou na farmácia procurar pelos produtos! Eu ainda não demonstrei nenhuma reação, não sei se terei esse mal. Essa dica do mel realmente é muito boa, até para gripes …. se soubesse antes, já estava tomando. Apesar que esse ano, graças a deus, não ficamos resfriados!

    Obrigada pelo ótimo comentário! E seu eu achar vou postar uma foto lá na Fan page do facebook dando os créditos à vc!

    Obrigada
    Thais Fioruci

  7. Olá Gilberto,

    Então esse Allegra foi um achado kkk!!! Meu marido começou a tomar ele no ano passado, mas no caso dele, dá tosse se tomar diariamente. Mas, qdo ele fica ruim, acaba recorrendo á ele pois acaba funcionando msm. O ano passado compramos inalador, purificador de ar e ele fazia natação para aliviar. Até q deu bons resultados. Vamos ver esse ano ….

    Agradeço de coração as dicas e a preocupação!
    Obrigada mesmo!
    Thais Fioruci

  8. Olá Gilberto!!!

    Muito obrigada por suas dicas! Meu marido tá tomando o aojiru e o propólis, por enquanto ele diz que não está fazendo efeito mas é como eu disse, essas coisas levam tempo. Alguém falou para ele que tomar iogurte resolve, bem não sei. Acredito nesses tratamentos naturais pq minha mãe sempre acreditou e nos tratava com plantas e homeopatia.

    Nossa … esse video do filtro solar. Usei ele em uma apresentação de TCC em 1998! Tenho ele gravado até hj e me emociono muito! Vou assistir ao video (agr estou na rua), pois me interessa muito. Ouvi dizer q vitamina D em excesso é prejudicial. Esse assunto me interessa! Ah … vc tem facebook? Se quiser me add lá Thais Fioruci ou curte a page da Perdida no Japão! Lá respondo mais rápido!

    Obrigada mais uma vez!
    Thais Fioruci

  9. Eu tenho duas conta no face, uma com cinco pessoas que nao me responde ate o presente momento e outra conta com duas pessoas que literalmente nao falam mais comigo. kkk sinceramente to meio traumatizado. Vai ver eu nao sou uma flor que se cheire. rsss espero que vc entenda! Sobre o propolis eu so tomo no outono e inverno, entre sete a dez gota por vez antes de dormir e novamente mesma quantidade antes de sair de casa. Quanto ao aojiru e o ano inteiro, (uso uma colher de medida que da mais ou menos uma colher de sopa cheia e tomo apos a refeicao antes de ir trabalhar) menos domingo e quando enjou as vezes. So conheco uma marca de aojiru que vem com um copo de plastico tipo coqueteleira que e ideal para poder tomalo bem misturado com agua. Meu pai e careca, e com 29 anos eu tava ficando careca tambem, hoje estou com 39 anos, e gracas ao aojiru estou so um pouquinho careca, e como eu nao costumo comer verdura ele supre um pouco essa parte tanto que ele ate da uma segurada na minha emorroida. Descupe pela palavra feia :/

  10. Olá,

    tudo bem, eu entendo kkk Compramos o própolis de um brasileiro que traz direto do Brasil. Eu pesquisei na net e vi que é muito bom o aojiru! Bem, meu marido não é daqueles muito certos com medicação … sabe como é toma um dia, esquece o outro …. por enquanto ele não está tão ruim, mas em dias de crise é o Alegra que resolve!

    Abs
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *