MÃOS NA MASSA! – FAZENDO MEU PRÓPRIO OKONOMIYAKI!


Olá,

Pela primeira vez fui visitar um restaurante no estilo “faça você mesmo” e me arrisquei a fazer meu próprio okonomiyaki! Pra quem não sabe, o okonomiyaki é uma especialidade da cozinha japonesa que parece uma panqueca frita recheada com vários ingredientes à seu gosto. A massa é feita com farinha e acrescenta-se caldo de vegetais ou peixe dashi, ovos, repolho bem picadinho, recheado com cebolinha, cebola, carne (geralmente de porco ou bacon), polvo, lula, camarão e vegetais. Depois de pronto é coberto com nori, katsuobushi, maionese e gengibre e cortado em pedaços como se fosse uma pizza. Uma delicia! 
O restaurante escolhido foi o Asakusa Okonomiyaki Sometaro, dica de um amigo que estava visitando Tokyo e gostaria de conhecer o local por ser bem classificado em sites como o TripAdvisor e Time out.

Fachada do Sometaro

O local é bem típico japonês com pisos de tatami, almofadas e a chapa no centro da mesa. Você também deve tirar os sapatos para entrar (uma dica: verifique a meia antes de sair rs) e guardá-los em uma sacola plástica que a recepcionista lhe dará. Tem opção de menu em inglês e além do okonomiyaki, tem outras opções como o yakisoba que também experimentei e estava divino.

Após escolher sua opção de recheio e fazer seu pedido, o atendente, perguntou se era a primeira vez que faríamos um okonomiyaki. Disse que sim e então ele nos explicou como fazer! Uma verdadeira aula de culinária e simpatia! E se não entender nada de japonês, eles explicam em inglês de uma maneira bem divertida.

 

Tentando fazer um okonomiyaki pela primeira vez!

Foi uma experiência bem divertida e recomendo o local. É bem barato e próximo da estação Tawaramachi da linha Ginza. A única coisa que não gostei foi uma cena desagradável que aconteceu. Estava tirando fotos do interior do restaurante para colocar no blog (não tinha placas dizendo que era proibido), e uma das senhoras que nos atendeu, me chamou a atenção e disse que eu só poderia tirar fotos da minha mesa e dos meus amigos. Até então entendo que eles queiram conservar a privacidade dos demais clientes, mas estava tirando fotos de uma mesa vazia. Conheço a maneira de ser dos japoneses e achei que a senhorinha foi bem grosseira. Enfim, mas voltaria lá e levaria meus amigos novamente. 

A foto que estava tirando quando a senhorinha me chamou a atenção

 

Localização:

Endereço: 2-2-2 Nishia Asakusa, Taito 111-0035, Tokyo 

Bairro: Asakusa

Funcionamento: das 12h às 22h30min diariamente

Número de telefone: +81 3-3844-9502

 

Abraços,

Thais Fioruci

 

2 comentários em “MÃOS NA MASSA! – FAZENDO MEU PRÓPRIO OKONOMIYAKI!

  1. Oi Thais!
    Estou indo visitar esse país lindo em Dezembro.
    Vou passar natal, ano novo e meu aniversário lá.
    Fiquei sabendo que do dia 1 ao dia 3 é um pouco complicado e muitos lugares fecham.
    Tinha me programado para visitar o Museu de ciências em Tóquio no dia 3/1. Será que vai estar fechado? ;/
    Ah e uma duvida que não quer calar:
    Preciso levar bota pra neve e me preparar pra muito frio?
    Vou pra Hiroshima, Kyoto, Osaka, Nara, Kanazawa, Yokohama e Tóquio.
    O japão é um pouco complicado porque até as coisas mais bobas viram um dilema, até que tamanho de mala levar, porque eles são muito delicados e pequenininhos e aí não sei se as malas vão caber nos armários e afins i.i
    De todo modo estou adorando teu site e estou anotando várias dicas super úteis!
    Muito obrigada ^_^

  2. Olá!!!

    Bem vinda ao Japão! Prepara-se para o frio, mas ainda estará suportável. O pior mês com certeza é janeiro e fevereiro. Sim, dias 1 à 3 muitas lojas fecham, apesar que esse ano muitas abriram. Uma dica é aproveitar as liquidações nos outlets no dia 1 e 2. Não sei se o museu estará fechado. Vc pode ver o calendário no site, eles sempre disponibilizam. Sobre a bota, em Tokyo e Yokohama, se nevar, acontece em fevereiro. Nas regiões de Kyoto, Kanazawa, pode ser que vc pegue neve. Sobre o tamanho da mala, vc trará roupa de frio e isso toma bastante espaço. Geralmente as roupas do Brasil são volumosas e nem sempre suportam o frio daqui. Usamos aquelas “segunda pele”, acho que era assim que chamava no Brasil, que vende bastante na Uniqlo e são baratas. Nos trens as malas incomodam um pouco, mas nas estações vc se locomove de boa.

    Beijos
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *