GINZA – LUXO E TECNOLOGIA EM TÓQUIO

Olá leitores, 

 
Hoje resolvi invadir o universo das mulheres ricas e falar um pouquinho do lugar mais visitado por elas na capital japonesa. Claro que estou falando de Ginza (银座), famoso bairro de Tóquio conhecido por concentrar as marcas mais luxuosas e caras do mundo como Chanel, Dior, Swarovski, Louis Vuitton, BVlgari, Cartier, Dior, Tiffany, entre outras. Além das lojas, também existem várias boutiques, galerias de arte, discotecas, cafés, bares, pubs e restaurantes finos. 
Ginza significa lugar prateado, nome herdado da casa da moeda construída ali em 1612. Em 1872, um incêndio destruiu grande parte da área e o governo encomendou ao arquiteto inglês Thomas Waters a reconstrução do bairro, toda feita em tijolos vermelhos à prova de fogo. Após o grande Terramoto de Kantō em 1923, o local evoluiu como um distrito comercial de luxo e hoje, é um dos metros quadrados mais caros do Japão, chegando a valer mais de dez milhões de ienes. 
Nos finais de semana, a principal via do bairro, a rua Chuo Dori, é fechada para o tráfego. Os visitantes podem passear livremente por ali e até tomar um delicioso café. Nessa parte mais “ocidentalizada” de Tóquio, encontramos muitos fotógrafos, com suas modernas câmeras, e é claro, muitos turistas tentando gastar alguns trocados.
O que mais me impressiona em Ginza é certamente a arquitetura criativa dos edifícios, um mais intrigante do que o outro, e a quantidade de publicidade com seus painéis luminosos super high-tech. Esse jogo de luzes e neons é a cara de Tóquio e traduz bem a avançada tecnologia japonesa.
  

Confiram no video um passeio por Ginza.
じゃあまたね
Thais Fioruci
Fontes:
Viagem ao Japão. Disponível em http://www.viagemaojapao.com/destinos/tokio/ginza.html
Japan Guide. Disponível em http://www.japan-guide.com/e/e3005.html

14 comentários em “GINZA – LUXO E TECNOLOGIA EM TÓQUIO

  1. Olá Carla,

    obrigada por acompanhar o blog. Acho que é um lugar que todo turista deve conhecer. As grifes famosas e os prédios são magnificos! Acho q gastar naquela area é um pouco dificil para nós, pobres mortais. Mas, as vzs, vc até acha algumas peças interessantes mais em conta. Um exemplo é a loja Uniqlo, famosa aqui no Japão, as roupas tem preços bastante acessiveis mas a unidade de Ginza, lógico cobra mais caro.

    Beijos
    Thais Fioruci

  2. Hmm… todo post que tem vídeo, fico morrendo de vontade de assistir, mas meu computador não ajuda!! S: De qualquer forma, quando for ao Japão, vou visitar Ginza!! Parece ser legal e, assim como a Carla Nomura, não vou para gastar mas sim para conhecer!! Tenho vontade de conhecer cada metro quadrado do Japão… mas demoraria muito tempo!! ;P

    Adorei o Post!! Faz tempo que não comento… gomen ne ;P

    Beijos!!

  3. Oi querido!

    Poxa, eu deixo na menor resolução, pq sei q a internet do Brasil não é tão rápida qto a daqui. Mas, pq vc não faz o upload do video e assiste dps?

    Kkkk … mas eu tb não vou lá para gastar! Mas isso é uma questão de escolha, pq por exemplo, nesse dia estávamos procurando a loja da Adidas, pq tem uns tenis mais legais e a diferença de preço não é tão grande!

    É conhecer cada pedacinho do JP, leva muito tempo. A maioria dos lugares em Tóquio e Yokohama, eu já conheço mas quero visitar agora, os lugares mais afastados daqui. Mas isso leva tempo e dinheiro =/

    Obrigada por ler e comentar! Sou sua fã, já sabe né!

    Beijos!!
    Thais Fioruci

  4. Vocês três devem ter se divertido bastante não? Aliás, seu marido deve ser um dos homens mais ricos do Japão, porque a cada cinco minutos mostrava um prédio dele ^^. ´Você mostrando a língua e a parte que ele fala, eu sou ruim nos plurais ri bastante kkk.
    Devia ta um frio daqueles, porque do jeito que o seu amigo falava que não sei quem tava com milhões de blusas rs.
    Parabéns pelo post, Ginza infelizmente não é pra mim, pro meu bolso, mas sempre vale a pena conhecer esses lugares.
    Vocês são de Kanagawa não? Por que não fazem um post ou mais sobre Kanagawa e principalmente Yokohama e podiam filmar inclusive.
    abração
    Daniel Miyagi
    http://danielmiyagi.blogspot.com/

  5. Realmente nos divertimos muito. Ás vezes, sinto falta dessa alegria dos brasileiros. Meu marido é muito bobo! Quem me dera, ter ao menos uma sala para alugar ali kkk Realmente naquele dia estava muito frio, na verdade, fomos em na Mitsui Outlet super longe, e dps resolvemos passear em Ginza, pq meu marido queria achar a loja da Adidas. Eu estava com milhões de blusas, aliás sempre saio preparada para o frio! E nosso amigo vestia apenas uma blusa fina! É, Ginza tb não é para as minhas condições financeiras, mas admirar não custa nada!

    Somos de Kanagawa sim! Obrigada pela dica, assim que tivermos um tempinho filmamos por lá. Na vdd, Yokohama é muito grande, e teríamos que filmar por partes os principais pontos turisticos.

    Obrigada Daniel!
    Abraços,

    Thais Fioruci

  6. Oi Diego!

    pobre é foda msm! Qdo chegamos em Ginza, queremos ver as lojas mais caras e tirar fotos delas … possivelmente pq nunca mais iremos chegar tão próximo à uma Gucci, Luis Vuitton da vida! Gosto de Ginza pelas luzes, pelos carros, pelo povo chique! E dependendo da loja, o preço não é tão mais caro qto nas demais unidades.

    Beijos
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *