HAKONE – AVENTURANDO-SE NAS ÁGUAS VULCÂNICAS


Oie galera,
Hakone (箱根) é uma área montanhosa, localizada dentro das fronteiras da atividade vulcânica Fuji-Hakone-Izu National Park, centrada em torno do Lago Ashinoko. É um dos destinos mais populares entre os turistas, principalmente por abrigar diversas onsen (águas termais), e claro, a magnífica vista para o Monte Fuji. 
Para se locomover no interior da cidade, existem vários tipos de transportes. Sem eles, você não conseguirá chegar nos principais pontos turísticos. Agora aqui vai uma dica: compre o Free Pass, um bilhete, válido para dois ou três dias que permite utilizar os principais meios de transportes por um preço bem acessível. Você poderá adquirí-lo nas estações de Shinjuku, Odawara e Gotemba. Além disso, os portadores desses passes podem receber descontos em muitos hotéis, fontes termais, museus e restaurantes. 
 
Os principais meios de transportes nessa região são:
  • Hakone-Tozan Train – Linha ferroviária que começa subir a montanha (ainda na horizontal)! O trem faz um trajeto bem diferente para os visitantes deslubrarem a maravilhosa paisagem.
  • Hakone Tozan Cablecar – Um trem inclinado em 90 graus puxado por um cabo que literalmente sobe a montanha!
  • Ropeway Hakone – O mais impressionante de todos. Um bondinho que leva até o Lago Ashinoko passando pelos poços de enxofre em ebulição do Owakudani. A vista é demais!
  • Hakone Sightseeing Cruise – Navios em estilo pirata que navegam pelo Lago Ashinoko. O visitante precisa utilizá-lo para chegar até a outra extreminadade do lago e assim visitar os demais pontos turísticos como o Templo de Hakone.
Hakone tem muitos pontos turísticos, e por isso, resolvi listá-los para ficar mais fácil:
Owakudani (em japonês ) é uma área em torno de uma cratera criada durante a última erupção do Monte Hakone há 3000 anos atrás. Hoje, é uma zona vulcânica ativa com inúmeras saídas de vapores sulfurosos e piscinas borbulhantes.  Só o cheiro que não é muito bom. O cheiro de enxofre é muito forte. Certamente, a grande atração desse local são os ovos pretos! Calma que eu explico. No topo do Owakudani, existem lojas que vendem um saquinho com ovos pretos. Na verdade, eles colocam ovos brancos para cozinhar nas águas vulcânicas. Mas, quando o rapaz os retira, surpresa, estão pretos! Mágica? Não … as cascas são enegrecidas pelo enxofre. Dizem que a cada ovo ingerido, prolonga a vida da pessoa por sete anos. E muitos japoneses, sobem a montanha só para comprar os ovos pretos! Agora, fica uma dúvida: será que o péssimo cheiro vêm do enxofre expelido pela Owakudani ou do efeito dos ovos negros kkkk 
Piscinas de águas borbulhantes

Rapaz colocando os ovos brancos para cozinharem nas águas do vulcão

Hakone Jinja Shrine (em japonês 箱根神社), situado na margem sul do Lago Ashinoko, é um santuário xintoísta no interior da floresta. Ainda no navio, o visitante já avista um grande torii (portão), à beira do lago. Os outros torii ficam na cidade e o outro na entrada do templo.
Grande torii localizado na rua principal

Torii à beira do Lago Ashinoko
Lago Ashinoko oferece belas vistas do Monte Fuji, mas apenas em dia claro. O lago é atravessado pelos navios piratas que levam os turistas às extremidades do lago. A paisagem é linda! O visitante pode ver os grandes torii do santuários, belos hotéis e apreciar as montanhas. 
 
Gora Park(em japonês 公园) é um parque no estilo francês localizado na Estação Gora. Um lugar tranqüilo para relaxar, tomar um café quente durante o inverno e apreciar a linda paisagem de Hakone. O local também tem uma grande fonte, um lindo jardim de rosas e duas estufas, uma com amostras de um jardim botânico tropical e a outra com espécies de flores de jardim. Se estiver com vontade de comer algo, existe um restaurante com vista para a fonte principal e uma típica casa de chá japonesa. 
Ufa! O ideal mesmo é se hospedar em uma tradicional onsen japonesa e desfrutar da cidade de Hakone por dois dias ou mais. Nessa área existem muitos museus como Open Air Museum e o Museu do Pequeno Príncipe. Infelizmente, pude ficar somente um dia mas, consegui visitar os principais pontos turísticos. É um lugar que indico! Vale muito a pena visitar!

Conheça mais sobre Hakone:

Até mais,
Thais Fioruci


Mais informações: Japan Guide. Disponível em http://www.japan-guide.com/e/e5200.html

12 comentários em “HAKONE – AVENTURANDO-SE NAS ÁGUAS VULCÂNICAS

  1. confesso q to vendo o video ainda,entao para nao esquecer de nenhuma pergunta,vou começar já!rsrsrrs

    1-pq os japas no trem estavam de mascara?é gripe?rsrsrs

    2-como é feito o pagamento do passeios?dolar ou yen?

    3-qual o valor que vcs gastam mais ou menos?por cada um desses passeios.

    4- da para conciliar trabalho com os passeios assim?

    5- qto tempo vc ja ta no japao?

    hehehe,acabei de ver o video!super legal,mas eu nao daria para ir no ovo preto!!!rsrsrsrs…tenho problemas respiratorios :(((….

  2. Oi Cris,

    vamos as respostas!

    1- aqui é normal usarmos máscaras (até eu uso). Os japas usam mascarapor dois motivos: as vzs eles estao gripados e nao querem transmitir para as demais pessoas ou em ambientes muitos cheios como em trens usam para evitar serem contagiados por outras pessoas.

    2- Nos pagamos nossos passeios com yen msm

    3- Poxa, dificil falar o valor … depende se o lugar é longe ou perto de casa. No caso de Hakone, nao gastamos muito pq fica prx de casa. Gastamos com a passagem, comida e o Free Pass.

    4- Olha é dificil mas se a pessoa quiser dá sim! No nosso caso trabalhamos de seg a sexta (algumas vzs o sabado), e assim saimos no sabado. As vzs, nao dá animo pq o servico é bem pesado, e as vzs no final de semana vc ta tao cansado q nem da animo kkkk

    5- Estou no Japão há 1 ano e 4 meses (cara como o tempo passa rapido aqui)

    Ah … inclusive no alto da montanha tem uma placa dizendo q pessoas com problemas respiratorias nao deveriam frequentar (eu tb tenho bronquite asmatica e estava la kkkk)

    Obrigada pelo comentário
    Beijos
    Thais Fioruci

  3. Não conheço Hakone, mas pelas fotos deu para ter uma prévia.Japão é tão minúsculo em comparação ao Brasil,mas os atrativos turísticos são tão bem conservados que nosso país fica bem atrás no quesito turismo.O pouco que conheço de Brasil é devido aos altos preços que cobram em tudo, muita exploração para péssimos serviços.

  4. Oi Damires!

    Todos falam que Hakone é lindo, e comprovei isso! Lindo msm e já conheci muitos lugares aqui! O pior de tudo foi chegar no topo da montanha e perceber que estava nevando forte kkkk Tivemos que voltar até a estação para comprar um guarda chuva! Sorte a minha foi ter levado vários kairo kkk

    Beijokas
    Thais Fioruci

  5. ah, hakone, que saudade de vc, da sua natureza exuberante, que serve de refúgio depois de uma semana de trabalho duro! obrigado tbm à thais pelos posts.

  6. Ola.. Muito legal seus posts.. Estou viciados neles..rsrs.. Estou indo para o Japão pela segunda vez e dessa vou conhecer áTokyo e de l pretendo ir a Hakone e depois seguir descendo até Kyoto. Você acho q 1 dia dá pra satisfazer e depois seguir viagem, ou vc acha q o melhore dormir uma noite lá? Acho que só quero ver o Monte Fuji, passear no lago e apreciar um pouco o lugar. Outra coisa, dá pra ir de JR com o JR pass??
    Grato desde já,,

  7. Olá Alexandre!

    Se vc chegar cedo em Hakone e não pretende se hospedar em um hotel onsen, acredito que um dia é suficiente para conhecer os pontos turísticos. Claro que, lá tem bastante museus, se vc for querer visitar todos, precisará de mais tempo. Se não estiver errada, vc poderá usar o JR Pass, indo de shinkansen até Odawara mas dps lá terá q comprar um passe separado. Uma dica … compre um free pass que engloba todos os transportes q vc utilizará na região.

    Se quiser mais infs, pode conferir http://www.japan-guide.com/e/e5206.html

    Espero ter ajudado e bem vindo ao Japão =)

    Abs
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *