HANAMI 2014 – PARQUE CHIDORIGAFUCHI


Olá pessoal,
O inverno se foi, aos poucos as temperaturas começam a subir, já se ouve o canto dos passarinhos e as flores estão brotando. Todos muito ansiosos aguardam o nascimento das famosas sakuras (kanji de sakura), as flores das cerejeiras! Primavera no Japão não seria tão bela se não fossem elas colorindo a paisagem da cidade em um tom rosa claro. Se eu pudesse sugerir uma época para visitar a capital nipônica, certamente seria essa! 
Como de costume, todo ano faço meu hanami em um lugar diferente. Para escolher utilizo a lista do site Japan Guide (deixarei o link) com os melhores lugares para admirar as sakuras. Esse ano decidi conhecer o Chidorigafuchi Koen, próximo do Palácio Imperial, em Tokyo. 

O parque chega a receber mais de 1 milhão de pessoas, sendo o terceiro local mais procurado pelos japoneses nessa época do ano. É um lugar especialmente lindo! O fosso construído no início do Período Edo como parte das obras para a expansão do castelo e represamento do rio, dá um toque especial. As árvores plantadas em sua margem refletem na água, deixando a paisagem propicia à muitas fotos. Se quiser dar um toque mais romântico, pode alugar um dos barcos disponíveis e fazer um passeio pelo rio. Existe também uma trilha de 700 metros de comprimento, coberto com cerca de 260 cerejeiras de espécies diferentes, como Somei-Yoshino e Oshima-Zakura. São tantas que chegam até a formar um lindo túnel! À noite elas ganham uma iluminação especial!   
Aproveitando o passeio, visitei o famoso Yasukuni Shrine. Com mais de mil cerejeiras, também é um bom lugar para registrar as belas sakuras. Em frente ao santuário, estava acontecendo um festival de primavera com barracas de comida típica, brincadeiras e shows. 
Preparamos um video para vocês conhecerem mais de pertinho a beleza das sakuras! Abaixo, uma explicação rápida sobre a cultura do hanami no Japão!
 
O que é Hanami?

Depois que as belas sakuras desabrocham, os japoneses fazem o Hanami (花見 significa literalmente olhar as flores), festival onde as pessoas se reúnem embaixo das árvores, geralmente em grandes parques, para observá-las e admirá-las. Os melhores lugares são muito disputados e tudo acaba em festa. Eles comem, bebem, conversam, e alguns até cantam e dançam. 
As sakuras nascem rapidamente e vão embora na mesma velocidade. Ficam nas árvores somente por alguns dias, e logo que o vento passa, acaba levando-as. É lindo vê-las voando, e ao mesmo tempo, triste, porque só as veremos novamente no próximo ano.  
Existem várias lendas que remetem ao surgimento delas. Uma delas diz que uma princesa, chamada Kono-hana-sakuya-hime ou princesa da árvore de flores abertas, desceu do céu e aterrissou em uma cerejeira no Monte Fuji. 
Outra diz que o significado do desenho da flor de cerejeira nasceu no Bushido, o código dos samurais, que leva esse ícone como emblema. Faz uma analogia à vida dos samurais já que era tão breve quanto a duração dessas flores nos galhos das árvores.
Outra história diz que sua origem deriva do cultivo do arroz. Kura era um depósito onde se guardava arroz, alimento considerado divino, e Sa significa divindade, formando então a palavra sakura.
Antigamente, a sakura era considerada símbolo do amor. Se uma mulher a usasse para se enfeitar ou decorar o quintal da casa, significava que estava em busca de um novo amor. Nas peças do teatro kabuki significava alegria. 
Mas, cuidado. Ao mesmo tempo que essas lindas flores nos remetem à bons momentos, elas também carregam um certo negativismo. Na cultura japonesa, um galho de cerejeira quebrado significa a aproximação da morte. Acredita-se que a sakura é a ligação entre o mundo dos vivos e dos mortos. Dizem ainda que as cerejeiras absorvem a alma dos mortos. Eu hein …
Histórias assombrosas à parte, a única coisa que sei é que realmente as sakuras são deslumbrantes!  

E não esqueça de se inscrever no nosso canal no Youtube, sempre com passeios e lugares famosos do Japão! E curta nossa página do Facebook para conferir novidades de produtinhos e nosso cotidiano na terra dos samurais! Deixarei os links abaixo =)

Youtube: www.youtube.com/blogperdidanojapao
Facebook: www.facebook.com/perdidanojapao
Twitter: www.twitter.com/PerdidanoJapao
Twitter Pessoal: www.twitter.com/Thaisfioruci
Twitter Sakano: www.twitter.com/sakanosan

Beijos
Thais Fioruci
Parque Chidorigafuchi
 
Como chegar: 5 minutes à pé da estação Kudanshita ou estação Hanzomon de metro.
Entrada gratuita
Fonte:
Popular Hanami Spots: http://www.japan-guide.com/e/e2011_where.html


Referências:
http://www.jnto.go.jp/eng/location/spot/cityscap/chidorigafuchi.html

8 comentários em “HANAMI 2014 – PARQUE CHIDORIGAFUCHI

  1. Um dia irei fazer um hanami lindo no ai, certeza *-*

    Você falou que as cerejeiras sugam as almas dos mortos, eu me lembrei que no mangá Tokyo Babylon um personagem fala que "as cerejeiras são rosadas porque elas sugam o sangue de corpos em baixo de suas raízes"! Isso sim eu achei tenso!

    Ótimo post! E adorei o vídeo, ri muito do seu amigo falando do Brolita xD

  2. Essas cerejeiras dão inveja….Em Campos do Jordão também tem um parque onde foram plantadas várias cerejeiras.Tem até festa entre julho e agosto.Fui há uns 10 anos atrás e estavam bem floridas.
    Eu trouxe uma muda do Japão, mas não deu certo.Embora eu adore o outono, também acho que esta é a melhor época para visitar o Japão.

  3. Olá!!

    Hanami por aqui só em agosto quando as Sakuras do Parque do Carmo, em Itaquera florescer. Eu sempre dou um jeito de ir, porque são lindas demais. Tudo bem que as daqui estão longe de ser grandes iguais as que você mostrou na foto, mas são igualmente lindas. rsrsrsrs

    Dessas lendas, eu ouvi/li (não sei aonde) que elas são rosas porque elas sugam o sangue de pessoas que estão enterradas próximas as cerejeiras. E meu irmão acredita nessa!! xD

    Eu conhecia a lenda que as associa com a vida dos samurais, mas as outras são novas para mim!!

    Até mais

  4. Olá Iruka chan!

    Não sabia que tb tinha em Campos do Jordão! O outono aqui também é de dar inveja, mas a primavera tem um significado especial. Passar quase 5 meses no frio, só vendo árvores secas e aquele tempo nublado é muito difícil. Qdo elas nascem, parece que dão vida ao Japão que volta a ficar colorido de novo!

    Beijos
    Thais Fioruci

  5. Oie!!!

    Nossa … eu nunca fui ver as sakuras do Parque do Carmo! E meu marido morava lá na Zona Leste! perto de casa morava um casal de japoneses que tinham uma árvore de sakura. Imaginava se as daqui seria tão belas qto à dele. Pena que duram pouco!

    Beijos
    Thais Fioruci

    Beijos
    Thais Fioruci

  6. Oi Thais.
    Em primeiro lugar gostaria de agradecer sua ajuda pelas ótimas dicas postadas em seu blog e pelas dicas dos e-mails…
    Meus pai fizeram uma ótima viagem ao Japão, ficaram 14 dias e aproveitaram bastante, principalmente o "Hanami".
    Fizeram o roteiro de Tóquio, Kamakura, Quioto, Nara, Kobe, Hiroshima, Okayama, Tóquio(Monte Fuji).
    Seguiram o que vc orientou: comprar o JR pass, verificar os horários dos trens no Jorudan ou Hiperpedia, reservas pelo Booking ou outro site(expedia, japanican,…, ou no próprio site dos hotéis-Toyoko inn, por exemplo), verificar sobre os principais pontos turísticos e de Hanami no site: japan guide(excelente).
    Foram sozinhos, se viraram em tudo, como vc tinha dito, pois os japoneses foram muito prestativos e educados(principalmente por falarem japonês).
    Ficaram maravilhados com tudo, Hanami, pontos turísticos, limpeza e educação nos lugares…
    Meu pai disse que se sentiu um tatú no metro de Toquio, pois a maioria das pessoas andam nos tuneis e não na rua, rsss…
    Com suas dicas, mesmo um casal de 68 e 67 anos conseguiram andar por uma boa parte do Japão sem guias turísticos, aproveitando os lugares no tempo deles, sem correria.
    Obrigado por ter ajudado a realizar o sonho de meus pais de conhecer o Japão.
    Espero um dia poder ir. Já tenho o roteiro inteiro decorado graças à sua ajuda!!! (o baby nasce no início de junho/2014, rssss)
    Mais uma vez obrigado pela ajuda e por vc ser essa pessoa tão legal,
    prestativa e positiva…
    Beijão dos fãs de seu blog, Jorge, Shiguero e Yaeko.

  7. Olá Jorge!!!!

    Realmente fiquei muito feliz por seus pais terem aproveitado bem a viagem e por eu ter ajudado de alguma forma na realização desse sonho. Isso é muito gratificante pra mim! Os japoneses são muito prestativos e educados. É um povo admirável! Sim … aqui andamos mais debaixo das ruas do que nelas! Isso é o melhor aproveitar o lugar, no seu tempo, sem correria, na calma. Eu, particularmente, não gosto de guias me acelerando ou me falando onde devo ir.

    Espero que possa visitar o Japão, conhecer esse país lindo e que traga toda a sua família. Que seu baby venha ao mundo com muita saúde e que Deus o ilumine sempre! Boa sorte para sua esposa no finalzinho da gestação! E estarei aqui caso precisar de mais alguma coisa!

    Abraços
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *