OKINAWA – SIM, O PARAÍSO EXISTE!


Olá,
Certamente Okinawa é o destino mais cobiçado dentre todos os pontos turísticos do Japão. Há quem diga que é um outro país, muito diferente da terra do sol nascente. Outros, mais saudosistas, dizem que parece o Brasil. Será?
O paraíso existe!
Para quem não conhece, Okinawa (em japonês 沖縄 cujo significado é “corda no mar)” é um conjunto de ilhas no sudoeste do Japão. Ao todo são 161 ilhas que abrangem cerca de 1,000 quilômetros de leste a oeste e 400 quilômetros de norte a sul. Sua capital é Naha e a única maneira de chegar até lá é de avião. O voo dura aproximadamente 3 horas partindo do Aeroporto Internacional de Narita, Tokyo.
Antigamente, Okinawa era um reino independente chamado de Reino de Ryukyu. No início da Era Meiji (1868 à 1912) o reinado foi integrado ao Japão, e em 1879 tornou-se a atual província de Okinawa.
Após o fim da Segunda Guerra Mundial em 1945, Okinawa ficaria sob administração dos Estados Unidos por 27 anos. Durante esse regime, os americanos instalaram diversas bases militares na região.
Em 1972, os E.U.A devolveram as ilhas para a administração japonesa, mas, mesmo assim, o governo americano ainda mantém uma forte presença militar. As bases ocupam 18% da ilha principal e mantém 27.000 soldados da Marinha, Exército e Força Aérea, e seus familiares, cerca de 22.000 pessoas. E até hoje, esse é um dos inúmeros problemas que o governo japonês precisa resolver.
Algumas curiosidades: 

<> Okinawa é a única prefeitura do Japão localizada na zona subtropical. Por isso, tem um clima muito agradável aos turistas durante o ano todo. Os termômetros geralmente ficam acima de 20 ° C, mesmo no rigoroso inverno japonês. As altas temperaturas e as chuvas frequentes mantém as ilhas verdes o ano todo. Os tufões são constantes, principalmente no final do verão e início do outono. Portanto, se vai programar sua viagem, fique atento à isso.  

<> Os nativos utilizavam o “Okinawês” para se comunicarem. Após 1879, o governo estabeleceu o japonês como idioma oficial. Apesar de estar quase extinta, a língua local ainda é falada entre os moradores mais antigos.  

<> A ilha está repleta de canaviais e bananeiras ao longo das ruas! Sim, parece o Brasil minha gente! Ver uma pessoa moendo cana naquela máquina não tem preço. Sem falar que matei minha vontade de comer goiaba! Okinawa é um grande produtor de cana-de-açúcar, abacaxi, banana, batata doce, mamão e outras frutas tropicais. Agora, uma curiosidade, sabem como se diz cana de açúcar em japonês? Fala-se sato kibe (サトウキビ). Imagina, meu marido explicando para o vendedor que queria balas de cana de açúcar. Melhor não né!

<> Se pretende ir à Okinawa, não deixe de provar os produtos típicos da região como o suco de Shikuwasha (muito bom), a cerveja Orion, o famoso Taco Rice (um prato que leva carne moída temperada e arroz), o awamori (um destilado feito de arroz), entre muitos outros. A ilha também é famosa pela prática do karate, sanshin (um instrumento musical), porcelana, tecidos, vidros e a dança Eisa (em japonês エイサー).

Suco de Shikuwasha

Cerveja Orion

Taco Rice

<> Os nativos de Okinawa são conhecidos por sua longevidade. Ali, as pessoas vivem mais tempo do que em qualquer outro lugar do mundo. As possíveis explicações são a alimentação, o estilo de vida calmo e de baixo estresse, as atividades físicas regulares e a espiritualidade dos habitantes. A dieta nutricional tem baixo teor de gordura e sal. Os alimentos mais consumidos são peixes, tofu e algas.  

<> Okinawa tem um estilo arquitetônico diferente das demais regiões do Japão. As casas são feitas de concreto (enquanto que no restante do país são de madeira) com janelas vedadas e telhados cimentados. Tudo isso para suportar os freqüentes tufões que sempre passam pela ilha. Os telhados são normalmente na cor vermelha, inspirados no design chinês.

Uma típica casa de Okinawa

<> Uma outra construção que chama a atenção são os gusukus, uma espécie de castelo ou fortaleza. Apesar da destruição generalizada durante a guerra, ainda existem diversas ruínas espalhadas pela ilha.

<> Os Shisa (em japonês シーサー) são dois leões, símbolos de Okinawa. Estão em todos os lugares: nas ruas, nas praças, nos telhados, nos portões das casas, comércios, entre outros. Acredita-se que eles podem espantar o mal. Há quem diga que o macho está com a boca aberta para espantar os maus espíritos e a fêmea com a boca fechada para manter os bons fluidos.  
 

Lembrancinhas de Okinawa!
Agora que já conhece as principais características de Okinawa, vamos aos posts. Fiquem atentos!

Jaa nee
Thais Fioruci

Referências:

http://okinawa.com/research/history/background-and-history

http://pt.visitokinawa.jp/about_okinawa/history/


66 comentários em “OKINAWA – SIM, O PARAÍSO EXISTE!

  1. Fui para Okinawa em maio desse ano…..fiquei por 1 semana!!!
    Me apaixonei…que lugar lindo….
    Cheguei em Naha, me hospedei em Motobu-cho e depois em Chatan-cho!
    Depois fiquei 3 dias em Miyakojima e 1 dia em Ishigaki-jima

  2. Tchyá gandyu? (Tudo bem? No dialeto de Okinawa)Meus pais nasceram em Okinawa e foram obrigados a saírem do Japão na época da guerra quando ainda eram adolescentes.Em casa, as conversas eram em português,japonês e "okinawanês".Cometi gafes ao misturar o japonês com okinawanês quando fui ao Japão pela primeira vez.Um legume que eu não curto muito,mas que hoje em dia tem em todo Japão é o goyá, parece um pepino com catapora.Fora a ilha principal de Okinawa, há ferries que partem do porto em Naha para outras ilhas menores.Recomento Tokashiki e Zamami.O ruim de Okinawa é que os pontos turísticos são um pouco distantes uns dos outros.O aquário Churaumi é um desses pontos que fica longe, mas vale muito a pena.Ah,uma dica de quem for visitar Okinawa partindo do Brasil, não precisa pagar o visto de turismo japonês,é só apresentar comprovante de que está indo para lá.

  3. Thais, me apaixonei por seu blog! Sonho em viajar para o Japão e seu blog é perfeito para sanar várias dúvidas minhas, bem como alimentar mais ainda a minha ansiedade por conhecer a terra do sol nascente! Obrigada por tudo isso! Bjux

  4. Que saudades…Okinawa é realmente um paraíso. ..tenho muito orgulho do meu sangue 100% okinawano.Fui 2 vezes, pois na primeira vez não aproveitei muito.um tufão me proibiu.Tentei achar algum parente de meus avós, mas só achei bairros e placas com sobrenomes da familia.Mas posso jurar que me senti em casa, onde quer que eu fui, me senti rodeada por histórias e lembranças da família.

  5. Estive em Okinawa em abril e sinceramente não vi nada de tão especial na alimentaçao balanceada que justifique a longevidade da população de lá. Consome-se muito peixe mas achei que o consumo da carne suina, com abundancia de gordura e muitos restaurantes servindo a carne bovina é muito recorrente. De qualquer forma, uma delicia….. ADOREI ….

  6. Estive em Okinawa em abril e sinceramente não vi nada de tão especial na alimentaçao balanceada que justifique a longevidade da população de lá. Consome-se muito peixe mas achei que o consumo da carne suina, com abundancia de gordura e muitos restaurantes servindo a carne bovina é muito recorrente. De qualquer forma, uma delicia….. ADOREI ….

  7. Olá George!

    Obrigada pelo seu comentário! è verdade, também percebi que eles adoram uma carne de porco. Mas, acredito que essa tal "dieta" seja no dia a dia, pq em Tokyo, o pessoal come muita fritura e misturas congeladas, sabe. Talvez, seja isso, não sei.

    Abraços
    Thais Fioruci

  8. Oi Renata!

    Obrigada pelo comentário! Eu amei Okinawa. Se pudesse morava lá =) No Brasil existem muitos descendentes provenientes de Okinawa né. Fico feliz por vc ter orgulhoso do seu sangue. Vc sabe né … as pessoas de Okinawa sofriam bastante discriminação em outros lugares do Japão. Mas agr está mudando! Ainda bem …

    Abraços
    Thais Fioruci

  9. Olá,

    entendi sua colocação. Dialeto na verdade é uma variação de uma língua própria de uma região, então na vdd, seria uma ramificação do japonês. Mas isso não aconteceu em Okinawa! Me expressei mal. Obrigada pelo correção!

    At.
    Thais Fioruci

  10. Iruka chan! Sempre me surpreendendo né

    Vc é muito culta e inteligente! Omedeto! Ouvia o pessoal conversando entre eles em Okinawes e não entendia nada kkkk Sim, o goyá, esqueci de citar, mas sei qual é. tem aqui também. esse é o problema, a distância. Não consegui ir nas ilhas mais distantes, no aquário sim … mas já falei que ainda voltarei para conhecer o restante!

    Agora, essa questão do visto eu não sabia! Até perguntei para meu marido e nem ele sabia …. vou pesquisar … essa foi uma dica de ouro hein

    Obrigada mesmo!
    Beijokas
    Thais Fioruci

  11. Realmente, o paraíso existe. Conheci Okinawa e me encantei, mas o que mais me chamou a atenção foi a coloração da água do mar, lindo demais. Tive a oportunidade de conhecer praticamente toda a ilha, me hospedando em Nago, na famosa "Emerald Beach".

    Parabéns pelo post

  12. Sou 100% okinawano sansei brasileiro..há muitas controvérsias sobre okinawa, ainda não tive a oportunidade de ir passear por lá, sei q é muito bonito, mas já lí muito a respeito..como a ilha era um país independente e tb a China esteve por lá pra tentar dominar o povo..vai algumas dicas a quem possa interessar..ler Okinawa Redenta em inglês já lí há muito tempo não sei se existe tradução em português..etc

  13. Clovis!

    Fico imensamente feliz por seu comentário. Realmente a coloração da água é incrível. Sabe que eu ficava olhando os panfletos de Okinawa nas agências de viagem e duvidava que o mar fosse assim. Conheci toda a ilha também, mas acho que ainda faltou tempo rs

    Obrigada
    Thais Fioruci

  14. Olá, Thais.
    No início de Outubro deste ano, estive também em Okinawa. Lá fui conhecer alguns parentes e aproveitei para fazer um tour. Passei pelo Hime Yuri no To, Praça da Paz, Tchura Umi, Ruínas dos antigos Castelos entre outros locais turísticos. Estive também na famosa Av. Kosai Doori, mas não consegui caminhar muito por lá, porque naquele dia teve o início do primeiro tufão deste ano, porem valeu a pena.
    A taxa de visto para quem tem reserva Aérea ou de Hotel, para Okinawa, é gratuito de acordo com a Iruka.

  15. Olá Raul!

    Lá é mesmo um paraíso, não? Claro que ainda faltaram muitos outros pontos para visitar. Uma pena … mas assim já tenho um pretexto para a prx visita! Esses tufões atrapalham um pouco nessa época do ano. No dia seguinte à minha volta, passou um super forte por lá. Obrigada pela informação. É muito relevante!

    Abs
    Thais Fioruci

  16. Legal o blog. Sou doutoranda em Antropologia e pesquiso Okinawa. Vou ficar por aqui até junho. Vim também em 2011 pro Uchinanchu Taikai. Quanto à longevidade, ouvi eles dizerem que vivem muito porque têm amigos para a vida toda! E carne de porco, que tenho alergia, realmente é muito consumida aqui, o que pra mim é um problema…

  17. Olá!

    Vc está em Okinawa? A ex- sensei do meu marido, também está em Okinawa, fazendo Doutorado! Inclusive visitamos a Universidade junto com ela! Nossa … que legal! Não sabia dessa! Poxa, obrigada! É vdd, ai eles gostam muito de carne de porco! Se vc tiver um site, ou algum trabalho on line, gostaria muito de ler!

    Obrigada pelo seu comentário!
    Beijos
    Thais Fioruci

  18. Ola, moro no japao a 24 Anos e fui a ilha de okinawa duas vezes , e me apaixonei pela ilha, a primeira vez que fui fiquei por 4 dias me hospedei no hotel MOON BECH, a segunda vez no RIZZAN SEA HOTEL, conhecer a cultura okinawana foi um sonho, eu e meu esposo pretendemos antes de voltar para o Brasil, passar uma temporada de um ano la….se Deus permitir… arigatou….

  19. Olá!!!

    Passar uma temporada de um ano lá seria um sonho. Confesso que dps que conheci Okinawa, pensei por várias vezes me mudar para lá. Um clima tão agradável, com pessoas simpáticas e aquelas tranquilidade! Um sonho msm! Se Deus quiser ainda volto para lá!

    Beijos e obrigada pelo comentário!
    Thais Fioruci

  20. Olá Thais! Nesta semana estarei indo para Okinawa e seu blog me ajudou muito. Assisti a todos os vídeos. Muito obrigado, mesmo. Abraços, Rico.

  21. Olá Thais, o paraíso existe mesmo e fica aqui na terra.
    É de fazer qualquer um chorar de tão belo. Tudo é lindo.
    Entrei em todas as lojinhas da KokusaiDoori.
    O único lugar triste é o aeroporto…quando se está saindo de lá!
    Mas certamente voltarei.
    Grande abraço!

  22. Olá!!!

    Acho que vc se sentiu como eu! Ficamos até emocionados com tamanha beleza, não é mesmo?

    A Kokusai Doori é uma festa. Vc experimentou o caldo de cana?

    É verdade … para ir embora é muito difícil! Já estamos planejando voltar!

    Obrigada por contar o que achou do paraíso!

    Abs
    Thais Fioruci

  23. Oi, tudo bem? Moro em Dubai e estamos planejando de ir ao Jap~ao com o nosso bebe de 1 ano e 4 meses inicio de Abril (do dia 6 at'e dia 20) ppois gostaria de pegar as cerejeiras que s~ao lindas!! ewstamos pensando em ir para Tokio, Osaka, Hiroshima e queria ir conhecer um lugar paradi'isaco de praia e vi esse post – vc ent~ao recomendaria Okinawa? Quantos dias? Obrigada e abra'cos!!!

  24. Olá!

    Tudo bem e vc?

    Sim, recomendo Okinawa. O ideal msm seria uma semana mas três dias acredito que dá para aproveitar. Provavelmente em Abril, a água ainda estará gelada mas vc poderá aproveitar os pontos turísticos.

    Até mais,
    Thais Fioruci

  25. Olá , tem passeios entre naha e as outras ilhas? A ilha principal tem praias paradisíacas com as menores? Compensa alugar um carro? Acha melhor ficar 10 dias em nada fazendo passeios ou melhor dividir e ficar um pouco em cada ilha? Como faço pra ir de uma ilha a outra!

    Desculpes tantaserguntas…rss acabamos de cancelar parte da viagem na Ásia por conta da alta do dólar, e iremos ficar 20 dias no Japão apenas, por isso escolhi okinawa antes de ir pros grandes cidades.

    Obrigado

  26. Olá Luciano!

    Não tem passeios entre Naha e outras ilhas, a não ser q vc contrate um em especifico. Naha é praticamente a cidade apenas, tem praias prxs mas tem q ir de carro. Para ir de uma ilha à outra, só de carro. O transporte público é bem precário e o táxi é caro. 10 dias em Naha seria um desperdício, acho q uns dois dias em Naha é suficiente. Para a área do aquário (q tem belas praias tb) existe um ônibus que faz esse trajeto.

    Bem, se vc tiver mais dúvidas pode mandar para perdidanojapao@hotmail.com

    Abs
    Thais Fioruci

  27. Olá!!!

    Sim, é caro viver no Japão. Os preços do produtos na ilha de Okinawa são quase os msms praticados na ilha principal. Mas, o problema, é que a base salarial da ilha é a mais baixa do Japão, além de não ter muitas ofertas de trabalho.

    Abs
    Thais Fioruci

  28. Oi, Thais! Parabéns pelo blog! Eu gostaria de fazer um roteiro para ficar 4 dias em Okinawa. O que devo fazer em cada dia? Devo dormir todos os dias em Naha? Você poderia me ajudar, por favor? Muito obrigada!! 🙂

  29. Oi, Thais! Parabéns pelo blog! Eu gostaria de fazer um roteiro para ficar 4 dias em Okinawa. O que devo fazer em cada dia? Devo dormir todos os dias em Naha? Você poderia me ajudar, por favor? Muito obrigada!! 🙂

  30. Oie!! Eu sempre vejo Okinawa na tv aqui, sempre fico admirando a beleza, praia, as pessoas parecem ser bem tranquilas e muito mais simpáticas que pra cá (Tokyo, Saitama, etc,..) meu sonho é passar lua de mel lá, e se der queria muito morar lá, será que é possível? Eu quero uma vida tranquila com meu amado lá, amo o mar e lugares assim mais tranquilos, mas ainda não pesquisei se dá pra morar lá de boa sem ter problemas… Beijos, e parabéns pelo post! Amei!! ;*

  31. Oie!

    Sim, as pessoas são bem diferentes. Claro que é possível! O problema de lá é que a base salarial é menor comparado à Tokyo, os tipos de empregos e os taifus. Mas, não é um sonho impossível. Conheço brasileiros que trabalhavam em construções por lá e outros em bentoya. Boa sorte!

    Bjos
    Thais Fioruci

  32. Olá! Sou nissei filha de okinawanos e 80% dos parentes, incluindo pai e irmão, moram lá. Realmente a longevidade faz parte da família :meu bisavô faleceu com 105, avô com 98 E minha avó segue ótima graças à Deus com seus 102 aninhos rs. A alimentação é sim rica em gorduras como carne de porco, mas acredito que seja o ausência pouco consumo de comida industrializada a principal diferença. Eu não consigo me acostumar com o café da manhã de missoshiru, Gohan, etc por exemplo rs.

  33. Ola Thais, boa noite, tudo bom?
    Sou de Salvador-Bahia e estou indo p o Japao pela primeira vez no final de junho.
    Gostaria da sua ajuda p ver se minha programacao esta bacana.
    Chego em toquio (3d) alugo um carro e sigo sentido sul Kioto (3d ) e Osaka (2d), depois pego um voo e vou p Okinawa (3d) e depois Miyakojima (3d).

    O que acha quanto a alugar carro, periodo e roteiro?

    grato e parabens pelo blog.

  34. Ola..Boa noite, tudo bom? Pode me ajudar? Sou de salvador-Bahia e estou indo pela primeira vez ao japao no final de Junho.

    Pensei em chegar em toquio (3 dias) alugar um carro e ir descendo p Kyoto (3d) e Osaka (2d);;;depois pegar um voo p okinawa (3d) e Miyakojima (3d)…

    o que acha quanto a distribuicao e ao fato de alugar carro?

  35. Olá Alexandre!!!

    Tudo bom e vc?

    Só existe um problema, vc não conseguirá alugar um carro aqui. Vc precisa ter habilitação japonesa. Portanto, terá que fazer seu roteiro de trem msm. A programação está bem bacana mas sem carro em Okinawa fica bem difícil se movimentar pelas praias.

    Boa sorte!
    Thais Fioruci

  36. Olá Mario!

    também queria um trabalho por lá rs. Bem, pelo que sei as opções lá são bem escassas e dificilmente vejo ofertas de vagas para lá. Vc pode procurar no site da Alternativa ou em um grupo no facebook chamado Empregos no Japão.

    Boa sorte
    Thais Fioruci

  37. Olá Célia!

    Nossa … mas vc chegou à descer em Narita? A informação que tive era que se desembarcasse direto em Okinawa, nw precisaria de visto. Devem ter mudado então … obrigada pela informação!

    Bjos
    Thais Fioruci

  38. Olá Fabio!

    Disca 00, dps digite o código da operadora de longa distância, disque o código do país que é 81, e dps o número do telefone. Geralmente os celulares aqui começam com o prefixo 080 ou 090.

    Espero ter ajudado.

    At.
    Thais Fioruci

  39. Olá Felipe!

    Tudo jóia e vc?

    Em dezembro/janeiro a temperatura média em Okinawa é por volta de 15 graus. Super verão, se for comparar com Tokyo, por exemplo, que nessa época do ano faz uns 5 graus. Como lá é bem turístico nada fecha. Só não sei se conseguirá aproveitar as praias. Eu indicaria ficar uma semana para conhecer praias e pontos turísticos.

    Abs
    Thais Fioruci

  40. Ola, vamos agora em outubro pra Okinawa.
    Realmente não precisamos pagar pelo visto.

    Gostaria de tirar umas duvidas com você:
    – estaremos em 7 pessoas, sendo 2 idosos: vc recomendaria alugarmos carro, utilizarmos transporte publico ou os hoteis indicam excursões?
    – a melhor localização na ilha para o nosso caso, seria próximo ao Centro?

    (Ainda estamos pesquisando se o melhor é ficar em hotel – para termos ajuda do concierge – ou se ficaremos em Air BnB, por conta de preço)

  41. Ola, vamos agora em outubro pra Okinawa.
    Realmente não precisamos pagar pelo visto.

    Gostaria de tirar umas duvidas com você:
    – estaremos em 7 pessoas, sendo 2 idosos: vc recomendaria alugarmos carro, utilizarmos transporte publico ou os hoteis indicam excursões?
    – a melhor localização na ilha para o nosso caso, seria próximo ao Centro?

    (Ainda estamos pesquisando se o melhor é ficar em hotel – para termos ajuda do concierge – ou se ficaremos em Air BnB, por conta de preço)

  42. Olá,

    desculpe a demora. Vc conseguiu resolver? Eu recomendaria alugar um carro, mas o problema é a carta de habilitação. O Japão não aceita a carteira internacional de habilitação. Nesse caso, como taxi é caro e o transporte na ilha precário, te indico excursões ou o serviço do hotel.

    Abs
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *