AventurasYokohama

CHINATOWN – UM BAIRRO CHINÊS NO CORAÇÃO DE YOKOHAMA

Olá minnasan,

Chinatown (em japonês 横浜中华街, leia-se Yokohama Chinatown) é um bairro localizado no coração de Yokohama com uma grande concentração de chineses. É considerado um dos maiores do Japão, ultrapassando os de Kobe e Nagasaki, da Ásia e até do mundo. Em uma área de 500 metros quadrados, existem mais de 600 restaurantes e 500 comércios!

Em 1859, quando o governo abriu o porto da cidade, muitos chineses chegaram ao Japão. A partir daí, construíram escolas, centros comunitários e comércios, dando início à Chinatown. Em 1923, com o impacto do terremoto de Kanto, que matou aproximadamente 100.000 pessoas e deixou 1,9 milhões de desabrigadas, muitos decidiram voltar à China. Em 1955, o Zenrin-mon, um portal da amizade foi construído e o local foi oficialmente reconhecido, sendo batizado de Yokohama Chukagai ou Yokohama Chinatown.
Os restaurantes são um assunto à parte. Existem de todos os tamanhos, desde os mais caros e sofisticados, até aos mais populares. Bem, eu não sou apreciadora da culinária chinesa e muitas coisas não teria coragem de experimentar. A começar pelas aves que ficam penduradas na entrada de alguns estabelecimentos. Acho que são patos, mas não tenho certeza. O cheiro que fica nos arredores também não é nada agradável. Nas calçadas das ruas estreitas vende-se muito manju, lámen, pastel e uma castanha (inclusive ficam vendedores entregando aos visitantes pequenas amostras para provarem). 
Muitas pessoas vão à Chinatown só para fazer compras. Existem muitos artigos diferentes, tipicamente chineses (só não sei se são de boa qualidade né), como brinquedos, artesanato, sapatos, bibelots e ingredientes típicos.  
Os dez portões do bairro, construídos com base no feng shui são exuberantes. Algumas ruas levam nomes de lugares na China, como a Rua Xangai, Rua Chang Na, Rua Fujian e Rua Suzhou. 
Ali, também está localizado o Kanteibyo, um colorido templo que consagra Guan Yu, um dos maiores guerreiros da China Antiga. Foi construído em 1862, por um residente chinês que trouxe uma escultura desse herói e a colocou em um templo simples. Em 1923, foi destruído pelo terremoto de Kanto e bastante danificado durante o ataque aéreo em 1945. Em 1981, pegou fogo e em 1986, outro incêndio tomou conta do local. Mas, quando um desastre acontecia, a comunidade local sempre se reunia e reconstruía o templo de uma maneira mais magnífica que a outra. 
Os principais festivais realizados em Chinatown são: o Festival de Ano Novo que acontece em janeiro e fevereiro; o Festival Kanteitan, no verão, para comemorar o aniversário de Kan’u (personagem da história antiga chinesa, “Romance dos Três Reinos”) realizada em Julho e o Festival Kokkeisetsu em outubro para comemorar o Dia Nacional da Fundação da China. Outros eventos como a dança do leão ou dragão para celebrar o Ano Novo e um desfile em trajes folclóricos tradicionais também atrai muitos visitantes.
Conheça mais sobre desse pedacinho chinês dentro do Japão!
Até mais,
Thais Fioruci

Fontes:
Yokohama Chinatown. Disponível em http://www.happyjappy.com/yokohama/chinatown.html

 
 

12 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *