CuriosidadesTradição e cultura

MUSHITORI – VAMOS CAÇAR INSETOS!

O verão chegou na terra do sol nascente e com ele altas temperaturas e milhões de … mushi ( mushi –  insetos em japonês). O lugarzinho para ter insetos! Coitadas das mulheres! Sofremos muito! Existem insetos de todos os tamanhos, formas, tipos e uns bem estranhos, daqueles que eu nunca vi na vida.
Meu desespero começou com as クモ (kumo= aranhas). Apareceram umas três aqui em casa. Mas, vocês pensam que são aranhas daquelas que vemos no Brasil? Que nada … parece cena daqueles monstros dos Powers Rangers. As bichas são enormes e peludas. Nunca tinha visto isso antes! (Legal … acabaram de me dizer que matar aranhas aqui dá azar. Já matei umas três esse ano. Isso dá quanto tempo de azar mesmo?) Daí, outro dia apareceu um bicho estranho aqui. Não sei o que era … parecia uma centopéia porque tinha milhões de pezinhos! Ainda tem as ゴキブリ (gokiburi= baratas) que me disseram que são enormes, cascudas e voadoras. Graças ainda não me deparei com uma dessa espécie. E claro, não poderia me esquecer da sinfonia  dasセミ (semi= cigarras) que emitem um som ensurdecedor durante o dia. 
Mas o que um brasileiro faz quando se depara com um tipo desses? Mata é claro! Os japas não … como eles amam tudo que vem da natureza preferem deixar os bichinhos vivos. E o pior, eles até caçam! É o que eles chamam de Mushitori que significa literalmente “coleta de insetos”. 
Nesta época, crianças e adultos vão aos parques, florestas, matos, praias, para caçar insetos. Levam um verdadeiro arsenal de caça com varas, redes e gaiolas para resgatar borboletas, gafanhotos, besouros, baratas, cigarras, libélulas, louva-a-deus, entre outros. O kabuto mushi, um besouro grande e chifrudo, é um dos mais procurados.
Depois que capturam os bichinhos, as crianças fazem um eniki, um diário ilustrado, onde anotam suas observações durante a criação do inseto. Algumas escolas incluem o mushitori como tarefa para as férias de verão.
O Mushitori faz parte da educação das crianças. Essa prática além de ensinar sobre as estações do ano, também desenvolve a responsabilidade de criar um bicho de estimação, auxilia na percepção das várias fases no ciclo de vida de um inseto. 
E claro, essa brincadeira acaba unindo toda a familia! Levei um susto, quando passei em um parque escuro, às onze horas da noite e vi, pai e filho, pendurados em uma árvore. Me perguntei, o que estão fazendo ali …. dai fui pesquisar! 

Enfim … claro que eu só fico observando porque se aparecer um inseto aqui em casa é chinelo na certa rs! 

Beijokas
Thais Fioruci
Referências:

8 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *