SHIMBASHI – UM BAIRRO QUALQUER DE TÓQUIO

Olá pessoal,
Outro dia, me perdi em Tóquio …. gosto dessa coisa de se “perder” pois é assim que você descobre lugares inusitados e belos. Estava à procura do Tokyo Dome, um parque de diversões … pedi informações ao guardinha da estação …. ele até me disse que eu deveria descer na estação Suidobashi, e eu muito inteligente, desci em Shimbashi kkkk Tudo a ver né! Como estava com fome, aproveitei para almoçar e tirar algumas fotos! 

16 comentários em “SHIMBASHI – UM BAIRRO QUALQUER DE TÓQUIO

  1. Por que ir ao banheiro é algo estranho para ocidentais recém-chegados. Fica uma ideia que os japoneses são anormais, sabe? Sei que não foi sua intenção, mas detesto essas classificações. No mais, o banheiro japonês é idêntico ao nosso. Tem vaso sanitário (algums tem aqueles vasos no chão que são raros, mas não inexistentes no Brasil), pia, água para lavar as mãos, mictório e, melhor, são infinitamente mais limpos que os de qualquer lugar público no Brasil. E estou falando dos de rua, de parque que são mais limpos que os de muitos shoppings brasileiros.

  2. OI Naty!!! Por isso que já coloquei o nome do blog como Perdida no Japão, pois vivo me perdendo por aqui kkkk É cada história que passo nesse pais! Assim q tiver um tempinho livre vou lá gravar especialmente para vc o Tokyo Dome.

    Beijos e muito obrigada por seguir o blog!
    Thais Fioruci

  3. Olá Anônimo,

    desculpe, mas posto aqui minhas impressões e experiências sobre a vida nesse pais tão diferente do nosso. Não é que os japoneses são anormais, mas a tecnologia e modernidade desse pais estão a anos luz da nossa. Nesse caso, acho q os anormais somos nós rs. Pra mim, ir ao banheiro aqui pela primeira vez foi algo estranho sim, não pelo vaso sanitário em si mas sim pelos infinitos botões com opções contidas nele. Ou vai me dizer q isso existe no Brasil? Se existe, eu pelo menos nunca vi.

    Abs
    Thais Fioruci

  4. Esse anônimo não ta com nada,o blog é um lugar aonde o dono expressa sua opinião e a forma como ele ver o mundo ao seu redor. Eu apoio o blog da Thais Fioruci,aqui sempre tem informações e videos bacanas mostrando o Japão que não passa na tv.

  5. Oi Douglas,

    obrigada! Espero que continue acompanhando o Perdida no Japão! Não sabia disso, mas esse bairro concentra muitos prédios modernos. Deeve ter várias empresas e executivos por ali.

    Obrigada,
    Bjos
    Thais Fioruci

  6. Oie,

    obrigada pelo apoio! Fico realmente triste qdo as pessoas não entendem o que realmente quero transmitir. O fato de aqui ter uma privada super moderna, para os japoneses é algo normal, mas pra mim foi uma novidade e algo diferente. Posso dizer até do outro mundo!

    Obrigada msm por sua mensagem! Deixou meu domingo mais alegre =3

    Beijos
    Thais Fioruci

  7. こんにちわ お元気ですか , desculpas por escrever como anonimo , mas se puder me responder as duvidas agradeço muito, você conhece por ai brasileiros que conseguiram trabalhar ai sem descendência ou ser casado com descendente? eu e mais um amigo estamos entrando numa jornada de muito estudo e esforço pra tentar viajar um dia para ai,. queríamos saber pois o visto de turista daria só um tempo de estadia e nos impossibilitaria de trabalhar, sendo a nossa situação financeira nao muito favorável hehhe,.. se souber algo alguma dica , ou coisa assim,.. !

    ありがとお
    邪魔他

  8. Oi anônimo rs,

    元気です! Não me importo por escrever como anonimo, mas fico muito feliz em poder ajudá-lo! Caso vc tenha mais dúvidas, e não queira postar aki, pode me mandar um email para perdidanojapao@hotmail.com ou me add no Twitter e Facebook é Thais Fioruci.

    A questão de trabalho é um pouco dificil aki. Tem direito a visto de trabalho quem é descedente, casado com descedente ou já vem para o Japão com um visto de trabalho, geralmente trabalham em uma firma japonesa, e são transferidos para cá. O q alguns fazem, é casar por contrato ou vir com viststo de estudante e dps conseguir um trabalho. Mas isso não é muito legal, e a imigração está dificultando cada vez mais as coisas.

    É o visto de turista sçao só 3 meses de estadia e não pode trabalhar.

    Já que vc está de esforçando, e pelo q li, conhece nihongo, pode estudar e prestar uma bolsa da JICa. Dai, viria estudar somente mas ganha uma bolsa de 300.000 mil ienes … o é um bom dinheiro!!!!

    Espero ter te ajudado!
    Beijos
    Thais Fioruci

  9. obrigado , sim, eu e meu amigo somos universitarios, mas no tempo que nos sobra estamos estudando nihongo, com muito mas muito esforço, o objetivo e tentar o teste de proficiencia e depois tentar algum projeto de pesquisa ou bolsa ai,. acreditamos nisso , acho que com dedicaçao tudo se consegue.. se souber de algum brasileiro que é pesquisador e puder me passar o contato eu agradeço..

    ah , e otimo blog o seu, tais de parabens!!

  10. OLá,
    isso é ótimo. Vc já foi nas palestras q dão para concorrer a uma bolsa do MEXT? Já fui e o processo é bem fácil. Acho q acontece em junho se nao me engano. Procura saber mais .. é uma ótima oportunidade! E muito obrigada pelo elogio, espero q continue acomopanhando o blog!

    Beijos
    Thais Fioruci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *